terça-feira, 23 de outubro de 2012

O projecto de Godinho Lopes morreu

O Sporting vive, sobrevive, mas o projecto desportivo de Godinho Lopes está morto, e bem morto.
Duque e Freitas eram os trunfos eleitorais. Os trunfos que fizeram Godinho ser o segundo mais votado pelos sportinguistas, mas, mesmo assim, eleito Presidente do Sporting. Caíram, como caiu Domingos, como caiu Sá Pinto, como caiu a força anímica de uma equipa que joga sempre entregue a si própria. E, entretanto, caíram dois vice-presidentes, um deles com enorme peso e influência.
Parece-me legítimo, por isso e por se ter, em Outubro, perdido a época, que se pense, já, em substituir o presidente que menos sucesso teve à frente do Sporting. Veio para substituir o pior presidente da História e tomou-lhe o título.
Há quem diga que este é o fim do Sporting, tal como o conhecemos. É, de facto, um período de urgência. Mas o Sporting sempre foi aquilo que os sócios quiseram. Estamos fartos de mais do mesmo. Das voltas e mais voltas que um grupo minoritário de sportinguistas dá para continuar a liderar o clube, sempre em prejuízo do Sporting.
Chega do discurso dos pequeninos, dos pobrezinhos, de recorrer à porcaria do Couceiro.
Pelo menos, sejam profissionais!
O tempo é de mudança. E, de Outubro a Julho, há tempo para reorganizar, para repensar, para reconstruir.
Espero que, desta vez, não nos impeçam de reerguer o Sporting.
O Sporting vive, enquanto viverem os sportinguistas.
E, enquanto viverem sportinguistas, o Sonho persiste.
Que seja, então, concretizado.


6 comentários:

miguel vaz serra....... disse...

Amigo António, esse senhor nunca teve projecto nenhum!!!
Abraço

Anselmo Damásio disse...

Enquanto fizeram alianças esquisitas com o Pinto da Costa jamais se erguerão.

luis cirilo disse...

como mero observador, e não esquecendo que actualmente desempenmho funções num clube que joga com o Sporting A e B, parece-me que o problema do seu clube se chama liderança.
E com toda a franqueza creio que desde o grande presidente que foi João Rocha o SCP nunca mais teve um verdadeiro líder.
É óbvio que ano após ano, insucesso atrás de insucesso, a força animica se vai ressentindo e o próprio estatuto do clube vai enfraquecendo face a FCP e SLB.
Se a isso se somar a dimensão do problema financeiro não é dificil concluir que o Sporting está nun grande sarilho.
Sinceramente não sei qual a solução.
Mas de uma coisa os sportingusitas, tal como os vitorianos á escala dos nossos problemas.tem de se convencer: Se querem salvar o Sporting de uma quase inevitável "belenensização" tem de estar preparados para fazerem sacirficios financeiros e desportivos.
Reduzirem orçamentos, reestruturarem a divida e convencerem-se que durante alguns anos dificilmente vencerão titulos.
Eu sei que custa.
Mas muito mais custaria o fim de uma grande instituição como o Sporting.

Ricardo Borges disse...

Nunca chegou foi a existir projecto algum!!

maria disse...

Feliz Natal, para si e os seus, com tudo de bom.

Beijinho :)

Anónimo disse...

Hello. And Bye.